13 de outubro de 2011

Dom Duarte Pio - Duque de Bragança.


Dom Duarte confessou que tem uma admiração especial por D. Dinis e a comprová-lo está o facto de ter dado o nome deste monarca a um dos seus filhos.
Ao referir-se a D. Dinis e depois de ter enumerado as suas grandes virtudes, explicou a enorme importância que teve a protecção ao Templários, "as Descobertas não foram iniciadas com a bandeira da coroa, porque não se preparava um império político, mas sim um império espiritual. A bandeira das naus portuguesas não era a de Portugal, era a da Ordem de Cristo, uma ramificação dos templários, criada por D. Dinis. Foram estes que financiaram a expansão portuguesa e os descobrimentos".

Noutra fase da sua intervenção debruçou-se sobres as Festas do Divino Espírito Santo.

A Rainha Santa Isabel está intimamente ligada às festas do Divino Espírito Santos em Alenquer, tradição essa que passou depois para os Açores e mais tarde par ao Brasil e Estados Unidos da América. Note-se, a independência de Timor, último território nacional a ficar independente, aconteceu no dia de Pentecostes, com a presença da imagem de Nossa Senhora de Fátima com o Divino Espírito Santo.”

Fonte: Pensar Odivelas

Sem comentários: