30 de novembro de 2011

1º de Dezembro


O alcaide de Olivença, pretende recriar os violentos eventos que conduziram à ocupação daquela vila pelas tropas espanholas comandadas por Godoy. Sabendo-se algo acerca das brutalidades cometidas contra a população oliventina - desde o momento da ocupação até à autêntica política de erradicação identitária ao longo de dois séculos -, não deixa de ser absurda, esta paródia engendrada pelo PP espanhol.
Se existisse alguém com coluna vertebral na Câmara Municipal de Lisboa, a edilidade promoveria já no próximo 1º de Dezembro, uma "reconstituição histórica" da defenestração de Miguel de Vasconcelos. Candidatos a actores não faltariam, pois "Vasconcelos" há-os de sobra, de Belém a S. Bento.


Nuno Castelo-Branco

Fonte: Estado Sentido

1 comentário:

Carlos Gomes disse...

A reconstituição da chamada "guerra das laranjas", mais do que uma provocação aos portugueses, é um insulto aos próprios espanhóis. Aliás, do ponto de vista espanhol, é preciso ser demasiado estúpido para reabilitar a figura de Godoy e vir ainda agora a reconstituir a "guerra das laranjas"... não sei se o farão com todos os pormenores pois a expressão pela qual ficou conhecida deve ser explicada para esclarecimento dos espanhóis e risota dos portugueses!