16 de novembro de 2011

Textos de Fernando Pessoa (V)

«(...) Refiro-me ao facto de que nenhum de nós tem Pátria. O Português é hoje um expatriado no seu próprio país. Somos uma nação, não uma pátria; somos um agregado humano sem aquela alma colectiva que constitui uma Pátria. Somos... Sei lá o que nós somos? (...)»

«Mas que diabo é isto em que vivemos? Vivemos como portugueses? Como vivemos, se não somos governados por homens orientados portuguesmente? Como, se são estrangeiras as ideias que nos "orientam"? Como, se de independência nacional temos apenas o nome e o espectro da cousa?»

1 comentário:

Maria Menezes disse...

Gosto mais dos slides como estão e fica melhor no blog.
Vou roubar o Fernando Pessoa.
Beijinhos