24 de março de 2012

Pensem Nisto (XIII)


O primeiro (e mais importante) passo para gerir bem Portugal é compreender e respeitar o País e a sua identidade. Assim nos ensina a história nacional.

Ao longo dos séculos a Monarquia mostrou que conhecia, compreendia e respeitava Portugal. E por esse motivo foi capaz de dar a Portugal tantos e tão grandes motivos de orgulho. Essas capacidades da Monarquia ainda hoje isso são visíveis em D.Duarte, Duque de Bragança e Chefe da Casa Real Portuguesa, que, nas suas intervenções, mostra ser um profundo conhecedor da Portugalidade.

Perante a clara incapacidade da República em gerir Portugal, não seria melhor chamar a Monarquia?




Sem comentários: