4 de abril de 2012

Livro: "Os nossos Santos e Beatos"

Os nossos Santos e Beatos
Sinopse:

«Esta obra sobre os Santos é já, de certo modo, resposta às indicações pastorais para o Ano da Fé, dada, através da Congregação para a Doutrina da Fé, pelo Santo Padre Bento XVI às Conferências Episcopais, ao dizer: “Os Santos e os Beatos são autênticas testemunhas da fé, portanto será oportuno que as Conferências Episcopais se empenhem em difundir o conhecimento dos Santos do próprio território”» in Prefácio

Os santos permanecem para muitos como pessoas misteriosas, de cuja vida pouco ou nada se conhece. O que é certo é que estão presentes no nosso dia a dia, em nomes próprios e em nomes de aldeias, ruas e praças. São patronos de paróquias. A eles se dedicaram igrejas, ermidas e capelas que perpetuam a sua memória. As festas anuais, em sua honra, tornam-se momentos de convívio social e expressões de fé que pertencem à identidade do povo português. Estes santos viveram a mesma condição humana de todos os mortais. Neste livro, o autor ilumina o lado menos conhecido destes homens e mulheres, a sua vida em nome de grandes causas da justiça, da caridade e do bem comum, e o percurso que fizeram até atingir a santidade. Por estas páginas passam os nossos santos e beatos e outros, estrangeiros, que Portugal adoptou e venera com afecto. Sancha, Teresa e Mafalda, filhas de Sancho I e beatas. Santa Rita, um insigne modelo de caridade e abnegação. Santo António de Lisboa, o mais universal dos santos portugueses, Francisco e Jacinta Marto, beatos, videntes de Fátima. O imperador Carlos I de Áustria, um político patriota que ascende aos altares.


Fonte: A Esfera dos Livros

1 comentário:

Maria Menezes disse...

O nosso São Nuno de Santa Maria ficou esquecido?
Bjs