7 de julho de 2013

SS.AA.RR., OS DUQUES DE BRAGANÇA ENCABEÇAM A COMISSÃO DE HONRA NA CERIMÓNIA DE ENTREGA DO PRÉMIO INTERNACIONAL "TERRAS SEM SOMBRA"


A Casa da Cultura da Comporta recebeu este sábado, 6 de Julho, pelas 18h, a cerimónia de entrega do Prémio Internacional Terras Sem Sombra. O evento foi presidido pela Infanta D. Pilar de Borbón, Duquesa de Badajoz, irmã do rei D. Juan Carlos I de Espanha, e contou com a presença dos principais intervenientes no Festival, nomeadamente os Duques de Bragança, que encabeçam a Comissão de Honra.


Fundado em 2011 pelo Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, o Prémio Internacional Terras Sem Sombra distingue anualmente três personalidades ou instituições que se salientaram nas áreas da música, do património e da biodiversidade. São premiados, em 2013, o cantor lírico italiano Enzo Dara (Promoção da Música), a Associação dos Arqueólogos Portugueses (Salvaguarda do Património Cultural) e o investigador angolano Pedro Vaz Pinto (Conservação da Natureza).


O Prémio Internacional Terras Sem Sombra já galardoou seis personalidades distintas e de peso nas suas áreas: na vertente musical, foram premiadas as sopranos Cheryl Studer (EUA) e Dimitra Theodossiou (Grécia); no campo do Património Cultural, a Pontifícia Academia Romana de Arqueologia (Cidade do Vaticano) e a museóloga e investigadora portuguesa Maria Helena Mendes; e na área da preservação da Biodiversidade, os cientistas Mário Ruivo (responsável pelos estudos oceanográficos em Portugal) e Miguel Ângel Simón (Director do Programa LIFE Lince em Espanha).


Sem comentários: