24 de outubro de 2013

SAR, D. Duarte de Bragança entrevistado pela Teledifusão de Macau



A bandeira da Monarquia nunca esteve tão presente em Portugal como no ano em que se assinalou um século sobre a implementação da República. Os ecos da insatisfação da causa real chegaram mesmo a Macau, com as insígnias monárquicas a serem hasteadas no Consulado Geral de Portugal. Centro e três anos após a deposição de D. Manuel II são muitos os que defendem a restauração da monarquia e é um Portugal alternativo aquele que se discute neste TDM Entrevista. 
D. Duarte de Bragança, herdeiro do trono português, à conversa com a TDM.

Sem comentários: