16 de abril de 2014

Da confusão entre Tradicionalismo monárquico e absolutismo.


" Contra o que tendenciosa e falsamente se difunde, o absolutismo, com o significado que hoje se atribui à palavra, nunca existiu na nossa Monarquia medieval. A quase total descentralização administrativa e legislativa, a autonomia dos municípios, o poder deliberativo das Cortes, o respeito tido para com a Igreja, o observado acatamento das leis fundamentais do Reino, são factores que desdizem peremptoriamente dos excessos do Poder Real, que é isso que se pretende dizer ao falar-se de absolutismo. De resto, essas várias forças descentralizadas opor-se-iam, como é lógico, a qualquer tirania do soberano."

Mário Saraiva

Sem comentários: