30 de outubro de 2014

Índice de Liberdade de Imprensa 2014

Foto: Vistos os resultados da análise anual dos Reporters sans Frontières sobre a Liberdade de Imprensa a nível mundial, não são de admirar as palavras da jornalista e activista Heather Brooke, abaixo (20 de Outubro), defendendo a instituição monárquica.  

Aliás as liberdades políticas e de expressão que hoje tomamos como certo no mundo ocidental já existiam em Portugal na época da monarquia constitucional, sendo enfaticamente limitadas pela 1ª e 2ª República. 

Certo é que uma monarquia moderna não poderia sobreviver sem a liberdade de expressão dos seus cidadãos - uma reformulação moderna da relação simbiótica, fundamental, entre o Povo e o seu Rei.

Vistos os resultados da análise anual dos Reporters sans Frontières sobre a Liberdade de Imprensa a nível mundial, não são de admirar as palavras da jornalista e activista Heather Brooke, "A monarquia faz parte do Estado. Existe para servir o povo.", defendendo a instituição monárquica.

Aliás as liberdades políticas e de expressão que hoje tomamos como certo no mundo ocidental já existiam em Portugal na época da monarquia constitucional, sendo enfaticamente limitadas pela 1ª e 2ª República. 

Certo é que uma monarquia moderna não poderia sobreviver sem a liberdade de expressão dos seus cidadãos - uma reformulação moderna da relação simbiótica, fundamental, entre o Povo e o seu Rei.

Fonte: Causa Real

Sem comentários: