8 de maio de 2016

D. AFONSO DE BRAGANÇA ENTREGA I PRÉMIO PRÍNCIPE DA BEIRA CIÊNCIAS BIOMÉDICAS



A cerimónia de entrega do prémio decorreu na Câmara Municipal de Guimarães.




O filho mais velho dos duques de Bragança esteve em Guimarães para entregar à investigadora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Mariana Pintalhão, de 29 anos, o I Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas, instituído pela Fundação D. Manuel II, a Universidade do Minho e o Município de Guimarães e com o valor pecuniário de 15 mil euros.
Na presença de SS. AA. RR., D. Duarte e de D. Isabel de Bragança, D. Afonso assumiu pela primeira vez, aos 20 anos, o protagonismo numa cerimónia pública, entregando o galardão com o seu nome a um trabalho de pesquisa sobre insuficiência cardíaca.“Este prémio é muito importante, pelo reco­nhecimento e pelo apoio financeiro que vem dar à investigação”, referiu Mariana Pintalhão à CARAS.
Mecenas do prémio, Adalberto Neiva de Oliveira explicou o seu contributo:“Como empresário, apoiei sempre a inovação. Acredito no potencial da nossa juventude e acho que deve ser motivado, porque é muito importante que os jovens desenvolvam os seus estudos e se fixem em Portugal”. Opinião partilhada por D. Duarte de Bragança, presidente da Fundação D. Manuel II: “É muito bom estar em Guimarães, cidade que nos deu o berço e o alento, para assinalar o trabalho de quem nos dá motivo para continuar a acreditar em Portugal. É disto que este prémio trata: assinalar, aclamar e premiar quem, pela sua entrega, dedicação, saber e sacrifício, nos faz crer que vale a pena ser português.”
Concorreram a este prémio 34 trabalhos de pesquisa, que foram avaliados por um júri composto por personalidades e cientistas de mérito.



Fonte: Caras

Sem comentários: