3 de fevereiro de 2017

Real Associação da Madeira assinala regicídio de 1908 com um jantar

regicidio


A Real Associação da Madeira promove no próximo sábado, 4 de Fevereiro de 2017, às 20h00, no Restaurante Brasserie, na promenade do Lido, um jantar de homenagem ao Rei D. Carlos e ao seu filho, assinalando o regicídio, cujo aniversário se comemora a 1 de Fevereiro. O historiador Emanuel Janes abordará o tema “Enquadramento Histórico do Regicídio”. Já publicou diversos títulos sobre esta matéria entre os quais “Implantação da República na Madeira” e Uma Tentativa de Restauro da Monarquia na Madeira”.
Depois da palestra haverá um debate aberto a todos os presentes, confrontando ideias e alimentando a diversidade de interpretação histórica do “Regicídio”.
Há 109 anos o rei D. Carlos foi assassinado por Manuel dos Reis Buíça no Terreiro do Paço. Buíça atingiu-o pelas costas com tiros de espingarda. O príncipe D. Luís Filipe de Bragança foi também morto e o irmão, o príncipe D. Manuel ficou  ferido. A rainha Dona Amélia, que também estava para ser assassinada defendeu-se valentemente com o ramo de rosas que tinha, atingindo com ele o seu agressor, o empregado do comércio Alfredo Costa, que se aproximara da carruagem para atirar também sobre a família real com tiros de pistola.

Sem comentários: