12 de abril de 2015

Um passado que nos acrescenta e consolida, e uma democracia que nos actualiza


Sou monárquico pela razão, pela esperança, pela certeza que acompanha o seu restabelecimento. Razão na decisão, esperança na vontade,  certeza em Portugal. Associo a monarquia à defesa dos valores mais altos, à defesa da liberdade sobre as opressões, à defesa da soberania sobre as ingerências, à defesa da pessoa sobre interesses sem rosto. Associo a monarquia a um sistema político de liberdade democrática, com tanto espaço para a alternativa como para o consenso. Posto o que temos vivido e aprendido, tenho confiança na nossa história. O futuro tem um passado, um passado que nos acrescenta e consolida, e tem uma democracia que nos actualiza.



Sem comentários: