5 de novembro de 2011

SAR D. ISABEL DE BRAGANÇA: "É A HORA DE DARMOS AS MÃOS"



Revista Flash de 22 de Outubro de 2011

1 comentário:

Carlos Gomes disse...

Se os sacrifícios fossem repartidos com justiça por todos os portugueses e não, como acontece, sacrifícios para uns e privilégios escandalosos para outros, sobretudo para a classe política, talvez a maioria dos portugueses desse as mãos... para além disso, como não se vê esperança em dias melhores dentro da União Europeia, tendo esta levado-nos a uma situação em que também será doloroso sair dela, estou convencido de que os portugueses não darão as mãos... talvez em breve deiam com os pés!