11 de agosto de 2012

SAR Dom Duarte Pio

 
Mais do que lastro de oiro vivo da glória brigantina, este grande senhor é o sopro eterno e o corpo sublime de uma Nação que não esmorece, desejada potestade de que são devotos tantos portugueses que alerta aguardam o sinal restaurador.

Fonte: Grandes Senhores

Sem comentários: